Archive for the ‘1’ Category

Madonna visita a Casa do Saber em São Paulo

novembro 13, 2009

Especula-se que a cantora pretende abrir uma ONG no País em parceria com milionários brasileiros

Lucas Nobile, Luana Rossi, Irany Tereza, Márcia Vieira, Roberta Pennafort, Bernardo Moura e Manuela Bowles, especial para o Estado

 –    Foto: José Luis da Conceição/AE

 RIO/SÃO PAULO – Madonna deixou o Hotel Fasano por volta das 19 horas, onde chegou às 15h15, após visitar a Casa do Saber, na rua Dr. Mário Ferraz, zona sul de São Paulo, seu primeiro ponto de parada na cidade. A cantora deixou a filial do hotel em Ipanema, no Rio, no início da tarde e seguiu para o Aeroporto Santos Dumont, de onde veio para a capital paulista. Aqui, a diva se locomoveu  com três carros Mercedes de cor prata. Na Casa do Saber, cerca de 200 pessoas esperavam por uma chance de ver a cantora de perto. Lá funciona uma livraria e salas de aulas para cursos na área de letras e filosofia. Na porta, um bilhete informando ao público que a Casa do Saber só seria aberta, excepcionalmente, às 16h30.

Lá, Madonna participou de um evento da entidade Spirituality For Kids (SFK). Fundada em 2001 nos Estados Unidos por Karen Berg, a ONG já está presente em 9 países, incluindo o Brasil. Em São Paulo, fica na Vila Madalena, e funciona há pouco mais de seis meses. O objetivo da SFK é passar valores a jovens carentes a partir dos conceitos da cabala, a principal corrente da mística judaica, seguida pela cantora.

 

Veja imagens feitas pelo repórter Felipe Branco Cruz, do Jornal da Tarde

 Madonna participou durante uma hora de atividades em grupo com adolescentes em situações de risco, de 15 a 21 anos, da região de Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo. Chegou lá por volta das 14 horas. Mas o esquema de segurança já estava acertado desde o dia anterior.  

A expectativa era sobre um possível encontro de Madonna com a primeira-dama Marisa Letícia e visitasse a sede do na sede do Kabbalah Centre, na Alameda Itú, nos Jardins.  Cerca de 50 fãs, todos muito jovens, aguardavam a chegada da cantora diante do Kabbalah Centre,  por volta das 17 horas. O repórter Lucas Nobile conversou com um deles, Michel Brandão, morador da zona leste, que desde as 8 horas da manhã espera pela chance de ver Madonna, assim que soube pelo site brasileiro da estrela pop que ela assistiria ali a uma palestra do rabino Michael Berg. O número de fãs na porta do centro foi crescendo com o passar do tempo e alguns, impacientes, seguiram até o Hotel Fasano, na rua Vittorio Fasano, Jardins, na tentativa de ver a cantora, acompanharam sua saída do local, e voltaram para o Kabbalah Centre alguns aos prantos.

 

Fã choram ao esperar por Madonna, em rente ao Kbbalah Centre, na Alameda Itú, Jardins. Foto: Evelson de Freitas/AE

Apesar do mistério que cerca a visita da cantora ao País, comenta-se que ela pretende implantar aqui uma ONG equivalente à que montou no Malauí, e teria mandado um e-mail para o grupo de seguidores da cabala ao qual pertence expressando sua intenção de doar o dobro do valor que obtiver junto aos milionários brasileiros.

Madonna volta ao Rio ainda nesta quinta, pois será a estrela do jantar oferecido pelo empresário Eike Batista na sua casa no Jardim Botânico. O empresário confirmou ao Estado que receberá a popstar na noite de amanhã para um jantar em sua casa, no Jardim Botânico. Além do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e do prefeito, Eduardo Paes (PMDB), ele convidou também o apresentador Luciano Hulk.

Eike Batista disse que se a intenção de Madonna for estender ao Brasil os benefícios de sua ONG Spirituality/Success for Kids, ela terá um parceiro certo. Segundo ele, “se as obras assistenciais forem para o Brasil, ótimo. Acho que a Madonna tem força suficiente para isso. Se for uma coisa bem bolada, bem concebida, com sustentabilidade, vou olhar com muito carinho”, disse o empresário apontado pela revista Forbes como o brasileiro mais rico.

Crianças do morro

Ontem, em seu terceiro dia no Rio, Madonna fez a alegria de 40 crianças do Morro dos Cabritos, favela que fica entre Botafogo e Copacabana, na zona sul. Os meninos e meninas, com idades de 8 a 10 anos, toda terça-feira têm aula na favela com um professor de espiritualidade da ONG Spirituality/Success for Kids, mantida pela rainha do pop. Eles foram levados ao Hotel Fasano, na praia de Ipanema, para se encontrar com a estrela.

Madonna assistiu à aula toda sem interferir. O professor é ligado à Cabala, filosofia da qual é seguidora. Por meio de exercícios com desenho e pintura, ele discutiu com as crianças sentimentos como raiva, ódio, amor e tristeza. Madonna quis saber se as aulas ajudavam a tornar suas vidas mais felizes. “Sim”, berraram em coro.

 

Madonna sorri na saída do restaurante Yume, no Jardim Botânico. Foto: Marcos Arcoverde/AE

No fim, Madonna pediu que dançassem para ela. As crianças queriam funk, mas não foram atendidas. Não por censura, mas porque ninguém no sofisticado bar Londra, onde foi realizada a aula, tinha CD do ritmo. O jeito foi dançar ao som de música pop. Madonna não dançou – apenas incentivou as crianças. A turma deixou o hotel por volta das 18h30. A cantora fez um pedido aos meninos: que não falassem palavrões. Todo mundo obedeceu.

À noite, a cantora foi a um restaurante japonês com o namorado, Jesus Luz, e pelo menos outras quatro pessoas. O restaurante foi fechado.

Assim como a maioria das celebridades, Madonna exigiu, em contrato com o Fasano, que nada do que ela faz no hotel pode ser divulgado. Hóspedes comentam que até o acesso ao sétimo andar, ocupado pela cantora e sua comitiva, é proibido aos outros ocupantes do hotel.

Fonte: O ESTADO DE SÃ PAULO

A Nova revista J de outubro

outubro 2, 2009

8574

Dois brasileiros e quatro estrangeiros estão nas semifinais da Oi MEGARAMPA 2009

setembro 28, 2009

logo_megarampa2 74371_97940_pedrinho

Pedro Barros, Pierre-Luc Gagnon, Rob Lorifice e Adam Taylor se juntam aos pré-classificados Bob Burnquist e Jake Brown
São Paulo (SP) – Os seis semifinalistas da Oi MEGARAMPA 2009, que terá prosseguimento neste sábado e domingo, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo (SP), foram definidos na tarde desta sexta-feira. Os norte-americanos Rob Lorifice, Adam Taylor, o canadense Pierre Luc-Gagnon e o brasileiro Pedro Barros se juntam aos pré-classificados Bob Burnquist, do Brasil, e Jake Brown, da Austrália. Os dois últimos foram campeão e vice, respectivamente, da primeira edição do evento da modalidade mais radical do skate, realizada no ano passado.

Rob Lorifice, finalista em 2008, foi o melhor das quartas-de-final, enquanto Pedro Barros, o mais jovem da competição – apenas 14 anos – surpreendeu ao ser o único brasileiro a garantir a classificação, na terceira posição – Pierre-Luc Gagnon foi o segundo e Adam Taylor, o quarto. “Foi muito divertida a disputa de hoje (sexta) e tenho certeza que amanhã, com o público presente, será mais ainda”, afirmou o norte-americano. “Consegui uma descida melhor do que eu esperava. Não estou acreditando que avancei para o próximo round”, afirmou o brasileiro de Florianópolis (SC). Nas quartas-de-final, também disputadas na tarde desta sexta, Pedro se classificou em primeiro lugar numa disputa de seis skatistas, todos do Brasil.74371_97938_bob_horizontal

Neste sábado, com início programado para as 12 horas, acontecem as semifinais no “gap” de 50 pés. Depois, às 13h30 às 14h15, será a vez dos bikers norte-americanos Anthony Napolitan e Kevin Robinson entrarem na pista para o Desafio Mega de BMX Aéreo. Os skatistas voltam à ação entre 15h15 e 16h para a semifinal de Corrimão, a novidade da Oi MEGARAMPA 2009.

Esta prova de alto grau de dificuldade consiste em dropar (descer) a rampa de 105 metros de extensão e de 27 metros de altura – equivalente a um prédio de nove andares -, ganhar velocidade em uma rampa de salto (“gap”) e realizar uma manobra sobre um corrimão antes de terminar a volta no “quarter”, último obstáculo da rampa. As competições da tarde do sábado serão mostradas ao vivo pelo SporTV.

Os seis skatistas decidem o título da Oi MEGARAMPA 2009 na manhã de domingo, a partir das 11 horas, com transmissão da TV Globo, na prova do “gap” de 70 pés.

Acidente – O skatista paulista Rodrigo “Digo” Menezes se acidentou na tarde desta sexta-feira durante os treinos. Curiosamente, a queda aconteceu no momento em que ele foi pegar o skate no “gap” (obstáculo central da pista), e não durante suas manobras na rampa. Ele caiu de uma altura de cerca de quatro metros de altura, fraturou o calcanhar direito e ficou de fora da competição.

Programação

Sábado
10h – Abertura dos portões
10 às 12h – Treinos
12 às 13h – Semifinal no “Gap” de 50 pés
13h30 às 14h15 – Desafio Mega de BMX (aéreo)
15h15 às 16h – Semifinal de Corrimão

Domingo
8h – Abertura dos portões
9h às 10h30 – Treinos
10h30 às 11h – Demo de BMX
11h às 12h30 – Final no Gap de 70 pés

A Oi MEGARAMPA tem o patrocínio da Oi, co-patrocínio de Hawaiian Dreams (HD), Nescau e TNT e supervisão técnica e apoio da Confederação Brasileira de Skate. O evento é uma realização da Brasil1 Esporte, da MaxSports e da Zoobamboo do Brasil em parceria com a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria Municipal de Esportes.

Fotos: Luiz Doro

Roberto Pierantoni – MTb.: 18.194

Ações socioambientais movimentam a Oi Megarampa 2009

setembro 21, 2009

logo_megarampa2

73807_96612_montagem

Atividades voltadas à defesa do meio ambiente e do bem estar social fazem parte do evento que acontece no Sambódromo do Anhembi
São Paulo (SP) – A Oi MEGARAMPA 2009, que reunirá alguns dos melhores skatistas e bikers do planeta, nos dias 26 e 27 de setembro, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo, será muito mais do que apenas um evento esportivo e de entretenimento recheado de radicalidade. As empresas organizadoras do evento – Brasil1 Esporte, MaxSports e Zoobamboo do Brasil – irão realizar uma série de ações socioambientais no intuito de promover o conceito de um “mundo autossustentável e mais justo” para seus habitantes.

Sustentabilidade, reaproveitamento, reciclagem, geração consciente de resíduos, garantia de origem legal, replantio de árvores nativas da Mata Atlântica, educação complementar e atividades preparativas para o mercado de trabalho se juntam, em forma de atividades dirigidas, ao vocabulário próprio de skatistas, bikers e entusiastas dos esportes de ação durante os dois dias de evento. Ações estas que movimentarão centenas de pessoas em torno do bem comum.

A segunda edição da Oi MEGARAMPA reunirá 15 atletas – 13 skatistas e dois bikers -, que desafiarão uma rampa de 105 metros de extensão e 27 metros de altura, equivalente a um prédio de nove andares. Entre os nomes confirmados estão os dos brasileiros Bob Burnquist, Lincoln Ueda, Edgard Vovô, além das estrelas internacionais Jake Brown, da Austrália, e Adam Taylor, dos Estados Unidos.

Madeira sustentável – Toda a madeira utilizada na pista que os melhores skatistas do mundo irão desafiar durante a Oi MEGARAMPA 2009 possuem o certificado FSC (em inglês Forest Stewardship Council), que garante a origem legal da madeira proveniente de áreas de manejo florestal.

A equipe do arquiteto George Rotatori, responsável pela montagem da pista, utilizará 40 toneladas de madeiras, de diversas espécies. Deste total, 85% (ou 34 toneladas) serão reaproveitadas da edição de 2008 da Oi MEGARAMPA.

Os troféus que serão entregues aos vencedores da Oi MEGARAMPA 2009 serão produzidos pela Coopertim Escola de Marcenaria – Projeto Léo Educa, que atende jovens de comunidades carentes da cidade de Diadema na Região Metropolitana de São Paulo.

Todas as peças também serão manufaturadas usando diferentes espécies de madeira certificadas pelo FSC. No ano passado, os troféus também foram feitos de madeira.

CO2 – Todo o carbono (CO2) emitido para a realização da Oi MEGARAMPA 2009 será calculado de acordo com a norma ISO 14064. A metodologia aplicada e os resultados serão publicados no Relatório de Sustentabilidade do evento.

Para compensar a emissão de gases do efeito estufa, as empresas organizadoras do evento plantarão mudas de árvores nativas da Mata Atlântica em quantidade suficiente para absorver todo o CO2 emitido pela produção do mesmo.

O plantio ocorrerá em uma área considerada prioritária para restauração em conjunto com uma ONG idônea com projetos ligados ao meio ambiente.

Material reciclável – Toda a lona “Sanet” e também de vinil – um total de 4 mil m2 – usadas na sinalização e cenografia da Oi MEGARAMPA 2009 serão recolhidas e encaminhadas ao Projeto Arrastão, que utilizará este material para a fabricação de bolsas, sacolas e outros acessórios.

Os produtos manufaturados a partir destes materiais poderão, inclusive, ser readquiridos pelos produtores e patrocinadores do evento como brindes de final de ano para seus clientes e colaboradores. Eles estarão expostos na Tenda de Sustentabilidade, instalada no espaço denominado de Skate Village, no Sambódromo.

O Projeto Arrastão, pioneiro na confecção de bolsas e acessórios produzidos a partir da reutilização de lona vinil, ajuda centenas de crianças e jovens de comunidades pobres da Zona Sul da capital paulista, fornecendo educação complementar e atividades preparativas para o mercado de trabalho. A ONG possui um núcleo de costura e moda que ministra cursos de design, administração e aspectos comerciais para mulheres e jovens.

Menos resíduos – Todos os fornecedores que atenderão os produtores da Oi MEGARAMPA foram orientados para reduzirem o uso de materiais e embalagens, evitando assim a geração excessiva de resíduos.

A empresa contratada para cuidar da limpeza durante o evento foi avisada no sentido de colaborar com os objetivos socioambientais da Oi MEGARAMPA, bem como serão instaladas placas de sinalização contendo mensagens de conscientização social e ambiental.

Também ficou acordado que todo o resíduo sólido gerado durante o evento e nas fases de montagem e desmontagem serão encaminhados a um centro de reciclagem para ser separado e encaminhado às respectivas cadeias de produção. Este trabalho será realizado em parceria com a cooperativa Cooperaacs, que já possui larga experiência em trabalhos em eventos de grande porte.

Ingressos esgotados – Devido à grande procura, os ingressos, todos gratuitos, para os dois dias do Oi MEGARAMPA se esgotaram em menos de 24 horas. Contudo, os interessados em assistir, no Sambódromo do Anhembi, as manobras radicais de skatistas e bikers ainda podem se cadastrar no site oficial www.oimegarampa.com.br, na área de “convites”, que terá o nome colocado em uma lista de espera e será avisado caso haja desistências de quem solicitou o ingresso mas não foi retirá-lo nos pontos de entrega. Vale lembrar que colocar o nome na lista de espera não garante necessariamente o seu convite.

Roberto Pierantoni

ZDL

Armarinhos Fernando tem chaveiro bafômetro

setembro 20, 2009

 image003
Produto auxilia no controle de álcool no organismo
                                                                       

Quem não quiser correr o risco de ter sua habilitação apreendida e nem pagar altíssimas multas por excesso de álcool no organismo, encontra na Rede de Lojas Armarinhos Fernando o prático chaveiro bafômetro. Um produto simples, prático, eficiente e barato que vai ajudar o motorista a fazer o teste antes de dirigir e não ser pego de surpresa pelos comandos policiais.
 
Para saber o teor de álcool no organismo, basta soprar durante cinco segundos na região superior do chaveiro. Caso apareça a luz verde, significa que você está com um teor menor que 2 g/l (igual a 0,02%), índice aceitável pela lei. Aparecendo a luz amarela ou vermelha significa que o índice está maior que 0,02% que é o limite permitido. Se o condutor for pego nestas condições, vai pagar uma multa de R$ 957,69, perder o direito de dirigir, e ser pegar de 6 meses a 3 anos de reclusão.
 
O Chaveiro bafômetro funciona à pilha,  custa R$ 13,90 e está disponível nas lojas da rede. É importante lembrar que o produto não garante a  precisão de um bafômetro oficial.
 
 
Armarinhos Fernando – www.armarinhos-fernando.com.br
 
MATRIZ: R. 25 de Março, 864/872 –  TEL (11) 2818-8400
FILIAL 1: R. 25 de Março, 816 – TEL (11) 2818-8404
FILIAL 2: R. 25 de Março, 734 – TEL (11) 2818-8200
FILIAL 3: R. 25 de Março, 662 – TEL (11) 2818-8250
FILIAL 4: R. Carlos S. Nazareth, 251/259 – TEL (11) 2818-8300
FILIAL TATUAPÉ: R. Aguapeí, 635 – TEL (11) 2818-8700
FILIAL MOÓCA: R. Taquarí, 156 -TEL (11) 2818-8100
FILIAL BRÁS: R. Maria Marcolina, 48 – TEL (11) 2818-8350
FILIAL SBC: R. Marechal Deodoro, 693 -TEL (11) 2818-8650
FILIAL STO ANDRÉ: R. General Glicério, 42 – TEL (11) 2818-8800
FILIAL S. MIGUEL PAULISTA: R. Arlindo Colaço, 399/432 e 427 TEL (11) 2818-8600
FILIAL LAPA: R. 12 de Outubro, 194/198
FILIAL GUARULHOS: Praça Tereza Cristina, 25/35
 
Jô Ribes Comunicação

Morre o ator Bob May, o robô de “Perdidos no Espaço”

janeiro 21, 2009

 

09019941

O ator americano Bob May, que ficava dentro de uma fantasia de robô na série “Perdidos no Espaço”, sucesso da TV na década de 60, morreu neste domingo (18) aos 69 anos. Ele sofreu complicações cardíacas em um hospital na Califórnia, informou sua filha, Deborah May.

Elenco de “Perdidos no Espaço”, com Bob May, que nem nos intervalos saía do robô

Ator veterano e dublê, May participou de várias comédias leves no cinema e na TV americana. A atriz June Lockhart, que interpretava a personagem Maureen Robinson na série, disse que ele foi escolhido para fazer os movimentos do robô em “Perdidos no Espaço” porque era o único no estúdio que conseguia entrar na fantasia.

Embora não fizesse a voz do robô (papel que cabia a Dick Tufeld), May conquistou muitos fãs em eventos nos EUA sobre a série. Em “Perdidos no Espaço” o robô era um aliado da família Robinson, que fica presa em uma missão no espaço e enfrenta como vilão o Doutor Zachary Smith.

May costumava dizer que se sentia bem dentro da fantasia de robô, dizendo que ela era seu lar fora de casa e costumava ficar dentro dela durante os intervalos nas gravações do programa.

Lockhart afirma ainda que May era fumante e que durante os intervalos, o elenco podia ver fumaça saindo do robô, o que divertia os atores. O ator deixa esposa, um casal de filhos e quatro netos.

Fonte: Folha on line

Colaboração: Paulinho heavy

Filmadora digital já cabe no seu bolso

dezembro 19, 2008

 Por Jocelyn Auricchio

 As camcorders digitais – ou filmadoras, como são popularmente chamadas no Brasil – deram um salto de qualidade brutal nos últimos 12 anos, com inovações importantes principalmente nas formas de armazenamento das imagens e transferência para o PC.

Entretanto, no Brasil essas câmeras sempre foram caríssimos brinquedos tecnológicos, acessíveis apenas a quem pudesse gastar alguns bons milhares de reais. Por isso nos últimos anos muita gente apelou para a função de vídeo de câmeras fotográficas digitais – que até resolvem o problema no caso de pequenos vídeos sem maior compromisso, mas não se comparam ao resultado obtido com equipamentos especializados em filmar.

Também não adianta comprar uma daquelas filmadoras baratinhas que aparecem nos comerciais. Afinal, em vídeo não há milagre: um bom equipamento requer lente de boa qualidade, bateria durável e, principalmente, precisa oferecer uma qualidade de imagem aceitável, com fidelidade de cores e bom contraste. A boa notícia é que, mais recentemente, os preços de camcorders no País caíram e, por menos de R$ 1 mil, já é possível comprar um equipamento simples, mas razoável.

CONHEÇA AS DIFERENÇAS – A opção mais econômica são as filmadoras que gravam em MiniDV, uma minúscula fita magnética que registra digitalmente os vídeos. Oferecem qualidade de vídeo bastante satisfatória, muitas vezes melhor do que a imagem registrada nas antigas câmeras de VHS.

O único inconveniente é o tempo que leva para transferir o vídeo para o computador. Normalmente um vídeo de 1 hora leva cerca de meia hora para ser transferido, mas modelos mais antigos podem levar o mesmo tempo de gravação para realizar a transferência.

Já as camcorders que gravam os vídeos em um disco rígido interno são práticas porque a transferência dos arquivos para o computador é muito rápida. Além disso, podem estocar várias horas de gravação no HD.

Mas a tecnologia mais interessante do momento se encontra nas filmadoras que usam memória flash, tanto interna como na forma de cartões de memória (que também estão mais espaçosos e mais baratos). A maioria já grava em MP4, um padrão de compressão de vídeo mais eficiente, que consome menos espaço por minuto de vídeo gravado. Resultado: no mesmo espaço, é possível gravar vídeos de melhor qualidade, com mais detalhes.

Além disso, a memória flash é um dispositivo de armazenamento em estado sólido, sem partes móveis, e filmadoras dotadas dessa tecnologia são bastante resistentes.

Para quem possui uma TV de plasma ou LCD, a filmadora precisa registrar imagens em alta definição. Há modelos tanto com disco rígido quanto com memória flash. A qualidade de vídeo é incomparável, mas o preço é bem superior ao de uma filmadora de definição padrão.

Com a proximidade das festas de final de ano e das férias de verão, foram testados alguns modelos à venda que gravam tanto em MiniDV, quanto em disco rígido ou cartão de memória. Qual será o mais adequado a você e ao seu bolso?

AACD INAUGURA UNIDADE EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO QUE BENEFICIARÁ MAIS DE 320 MUNICÍPIOS

dezembro 12, 2008

Instituição anuncia o início das operações da nona unidade de reabilitação, com capacidade inicial para 128 atendimentos por dia 
 
Mais uma promessa cumprida: a AACD – São José do Rio Preto foi entregue à população na quarta feira (10 de dezembro). A construção do complexo, viabilizada com recursos arrecadados no Teleton 2007 (maratona televisiva com mais de 24h de programação no SBT), inclui um centro de Reabilitação com serviços de fisioterapia, terapia ocupacional, hidroterapia, fonoaudiologia, psicologia, pedagogia, musicoterapia, além de ampla área para realização de treinos de marcha sobre superfícies diversas, como areia, pedrisco, gramado e concreto, por exemplo.
 
A AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) possui excelência em serviços de reabilitação física e motora e realiza mais de cinco mil atendimentos por dia em suas oito unidades espalhadas pelo Brasil. A escolha do Estado e da cidade para a construção da nova unidade seguiram rigorosos critérios técnicos, que envolveram um estudo de fluxo migratório para identificar de onde partem as pessoas que buscam atendimentos nas unidades da AACD. Segundo esta análise, a região de São José Rio de Preto é responsável pelo encaminhamento de cerca de 600 pacientes ao mês para a unidade de São Paulo.
A nova unidade, que ocupará um prédio de 3.682 metros quadrados, fará inicialmente 128 atendimentos por dia, ampliando para 511 atendimentos em uma segunda fase. Além de São José do Rio Preto, serão beneficiadas as regiões de Araçatuba, Bauru, Barretos, Franca, Marília, presidente Prudente e Ribeirão Preto, abrangendo uma área que reúne mais de 320 municípios.
De acordo com Eduardo de Almeida Carneiro, Presidente Voluntário da AACD, a nova unidade está adequada ao novo modelo de gestão da entidade, onde uma organização social, que conta com o apoio da Prefeitura Municipal da Cidade, arca com o pagamento de despesas de manutenção e de funcionários. “A unidade de São José do Rio Preto representa a consolidação do novo modelo de crescimento da AACD, no qual o poder público e a comunidade local se responsabilizam pela manutenção da unidade”, finaliza Eduardo.
Sobre a AACD
A Associação de Assistência à Criança Deficiente mantém um amplo serviço de atendimento médico, pedagógico e social, voltado principalmente às crianças e adolescentes, promovendo a reabilitação e reintegração social dessas pessoas. Hoje, 96% dos pacientes nada pagam por consultas e terapias. Cerca de cinco mil atendimentos por dia são realizados em suas oito unidades: AACD Ibirapuera (SP), AACD Mooca (SP), AACD Osasco (SP), AACD Pernambuco, AACD Minas Gerais, AACD Rio Grande do Sul, AACD Rio de Janeiro e  AACD Santa Catarina
Liliam Brito
A4 Comunicação

Artista plástica Raquel Taraborelli inaugura exposição na Galeria Romero Britto

dezembro 10, 2008

convite_-_exposic3a7c3a3o_raquel_taraborelli
Artista plástica impressionista expõe seus trabalhos ao lado de Squeaki, de Romero Britto, e de pendente em ouro com o logotipo do Athina Onassis International Horse Show, jóia criada, especialmente, para a esposa de Doda Miranda.
 
Raquel Taraborelli, artista plástica impressionista, abre exposição na Galeria Romero Britto, na Rua Oscar Freire, Jardins, com treze trabalhos em óleo sobre tela, caracterizados por suas pinceladas sobrepostas e nuances de cores ritmadas, inspirados em seu jardim e campos da Espanha.
 
A Amsterdam Sauer criou uma jóia inspirada no logotipo da Athina Onassis International Horse Show que está sendo vendida nas lojas da Amsterdam e na abertura da exposição será vendida na Galeria em prol da APAF.
 
Romero Britto doou uma escultura em alumínio que será exposta na ocasião e 100% do valor revertido também à instituição.
 
Roberta Britto, diretora da Galeria Romero Britto, a artista plástica Raquel Taraborelli, Doda Miranda e Athina Onassis mostram que são engajados em projetos sociais e abraçam mais uma causa, pois parte das vendas das obras da vernissage nesta noite será em prol da APAF – Associação Paulista de Apoio à Família, entidade, que capacita mulheres carentes ao mesmo tempo em que acolhe seus filhos.
 
SERVIÇO:
Tema: Exposição de Raquel Taraborelli
Local: Galeria Romero Britto;
End.: R. Oscar Freire, 562 – Jardins – São Paulo/SP.
Data: De 9 a 20 de dezembro de 2008
Horário: De segunda a sexta, das 10h às 21h, e sábado e domingo, das 10h às 18h
Tel.: 11 3062 7350
Entrada: Gratuita
www.romerobritto.com.br
 
Sobre Raquel Taraborelli:
 
Formada em engenharia de alimentos, Raquel Taraborelli não exitou em trocar a carreira de engenheira para se dedicar profissionalmente às artes a partir de 1975. O incentivo maior foi em 1987, quando Pietro Maria Bardi (MASP), como jurado no Salão de Artes de Piedade, SP, concedeu-lhe medalha de ouro. Desde então, dedica-se continuamente ao estudo da Escola Impressionista e considera a natureza de Claude Monet, a sua principal inspiração. Nas obras da artista, percebe-se claramente a referência ao pintor francês, mas a extensa pesquisa desenvolvida por Raquel permitiu que ela chegasse a uma precisão técnica muito particular.
 
Raquel Taraborelli é natural de Avaré, interior de São Paulo. Atualmente, vive e trabalha em Votorantim, onde idealizou a casa em que mora, rodeada por um jardim tipicamente impressionista com lavandas, rosas, dálias, margaridas e gerânios, fonte inesgotável para sua palheta de cores e seus temas.
 
Sobre a Galeria Romero Britto:
 
Após inaugurar sua Galeria Britto Central em Miami Beach – Flórida, e ser reconhecido mundialmente nos cinco continentes, Romero Britto, em 2001, inaugura a Galeria Romero Britto, em São Paulo.
 
Localizada na Rua Oscar Freire, 562 – Jardins, o espaço tem uma área de 176m² no salão principal e um salão secundário medindo 60m², com o design do arquiteto João Armentano. Simples, porém sofisticado, basicamente em branco aliado à mistura de cores fortes e alegres do artista.
 
Além dos originais encontram-se também, serigrafias, giclees e esculturas, a Galeria tem objetos de arte colecionáveis como pôsteres, cadernos, cartões, louças, perfumes, latas, relógios, livros e etc.
 
Há um painel com fotos de Romero acompanhado de várias personalidades como Madonna, Michael Jackson, a Rainha Silvia, da Suécia, Bill Clinton, Elton John, Carlos Santana e Witney Houston. O nosso Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex- Presidente Fernando Henrique Cardoso, além de Marco Maciel, Jarbas Vasconcelos, Parreira, Ronaldo Fenômeno, Luciano Szafir, Ivo Pitanguy, Ana Maria Braga, Marília Pêra, Glória Maria, Adriane Galisteu, a família Safra, a família do saudoso Roberto Marinho, todos colecionadores, entre outros.
 
Sempre engajado em prol a causas sociais, entre suas inúmeras ações, no ambiente há uma montagem com seis selos sobre educação, criados para a Organização das Nações Unidas (ONU).
 
Educação, aliás, é um tema muito importante na vida do artista. Tanto que o inspirou a receber em sua Galeria visitação de ONG’s, escolas do governo e particulares, proporcionando as crianças carentes e aos alunos do ensino médio, jovens de 4 a 15 anos, uma aproximação tanto com a cultura quanto com a história de vida de sucesso do artista.
 
A idéia de abrir uma galeria no Brasil nasceu em 1998. Hoje, a Galeria Romero Britto democratizou a arte do artista internacionalmente aclamado. Britto, mostra ao público, um pouco a história de sua vida e obras.
 
A Galeria Romero Britto, além de ter se tornado um pólo de eventos, abrindo espaço para empresas que desejam realizar comemorações, permite ainda, que novos talentos exponham suas obras mensalmente a seu lado.
 
 
Kennya Amorim
Duca… Solução em Comunicação

CHAVES , CHAVES , CHAVES…..

novembro 6, 2008
Recorda e viver !!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Que não já assistiu Chaves levante o dedo.
 
Veja como estão agora e quem faleceu do Grupo do Chaves. 

 

 

  Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieve) – 57 anos

 – Kiko (Carlos Villagrán) – 64 anos

 – Godinez (Henrique Gómez Bolaños) Irmão do Chaves na vida real – Faleceu em 1999.

 Dona Clotilde (Angeline Fernández) – Faleceu em 1994.

 – Sr. Barriga e Nhonho (Edgar Vivar) – 64 anos

 – Seu Madruga (Ramón Valdéz) – Faleceu em 1988

 – Jaiminho (Raúl Padilla) – Faleceu em 1994.

 – Professor Girafales (Ruben Aguirré) – 74 anos

Roberto Gómez Bolaños

 – Chaves (Roberto Gomes Bolaños)  – 79 anos

 – Dona Florinda (Florinda Meza) – 60 anos

 –

 

Eles são casados até hoje.