Madonna visita a Casa do Saber em São Paulo

Especula-se que a cantora pretende abrir uma ONG no País em parceria com milionários brasileiros

Lucas Nobile, Luana Rossi, Irany Tereza, Márcia Vieira, Roberta Pennafort, Bernardo Moura e Manuela Bowles, especial para o Estado

 –    Foto: José Luis da Conceição/AE

 RIO/SÃO PAULO – Madonna deixou o Hotel Fasano por volta das 19 horas, onde chegou às 15h15, após visitar a Casa do Saber, na rua Dr. Mário Ferraz, zona sul de São Paulo, seu primeiro ponto de parada na cidade. A cantora deixou a filial do hotel em Ipanema, no Rio, no início da tarde e seguiu para o Aeroporto Santos Dumont, de onde veio para a capital paulista. Aqui, a diva se locomoveu  com três carros Mercedes de cor prata. Na Casa do Saber, cerca de 200 pessoas esperavam por uma chance de ver a cantora de perto. Lá funciona uma livraria e salas de aulas para cursos na área de letras e filosofia. Na porta, um bilhete informando ao público que a Casa do Saber só seria aberta, excepcionalmente, às 16h30.

Lá, Madonna participou de um evento da entidade Spirituality For Kids (SFK). Fundada em 2001 nos Estados Unidos por Karen Berg, a ONG já está presente em 9 países, incluindo o Brasil. Em São Paulo, fica na Vila Madalena, e funciona há pouco mais de seis meses. O objetivo da SFK é passar valores a jovens carentes a partir dos conceitos da cabala, a principal corrente da mística judaica, seguida pela cantora.

 

Veja imagens feitas pelo repórter Felipe Branco Cruz, do Jornal da Tarde

 Madonna participou durante uma hora de atividades em grupo com adolescentes em situações de risco, de 15 a 21 anos, da região de Araçoiaba da Serra, interior de São Paulo. Chegou lá por volta das 14 horas. Mas o esquema de segurança já estava acertado desde o dia anterior.  

A expectativa era sobre um possível encontro de Madonna com a primeira-dama Marisa Letícia e visitasse a sede do na sede do Kabbalah Centre, na Alameda Itú, nos Jardins.  Cerca de 50 fãs, todos muito jovens, aguardavam a chegada da cantora diante do Kabbalah Centre,  por volta das 17 horas. O repórter Lucas Nobile conversou com um deles, Michel Brandão, morador da zona leste, que desde as 8 horas da manhã espera pela chance de ver Madonna, assim que soube pelo site brasileiro da estrela pop que ela assistiria ali a uma palestra do rabino Michael Berg. O número de fãs na porta do centro foi crescendo com o passar do tempo e alguns, impacientes, seguiram até o Hotel Fasano, na rua Vittorio Fasano, Jardins, na tentativa de ver a cantora, acompanharam sua saída do local, e voltaram para o Kabbalah Centre alguns aos prantos.

 

Fã choram ao esperar por Madonna, em rente ao Kbbalah Centre, na Alameda Itú, Jardins. Foto: Evelson de Freitas/AE

Apesar do mistério que cerca a visita da cantora ao País, comenta-se que ela pretende implantar aqui uma ONG equivalente à que montou no Malauí, e teria mandado um e-mail para o grupo de seguidores da cabala ao qual pertence expressando sua intenção de doar o dobro do valor que obtiver junto aos milionários brasileiros.

Madonna volta ao Rio ainda nesta quinta, pois será a estrela do jantar oferecido pelo empresário Eike Batista na sua casa no Jardim Botânico. O empresário confirmou ao Estado que receberá a popstar na noite de amanhã para um jantar em sua casa, no Jardim Botânico. Além do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e do prefeito, Eduardo Paes (PMDB), ele convidou também o apresentador Luciano Hulk.

Eike Batista disse que se a intenção de Madonna for estender ao Brasil os benefícios de sua ONG Spirituality/Success for Kids, ela terá um parceiro certo. Segundo ele, “se as obras assistenciais forem para o Brasil, ótimo. Acho que a Madonna tem força suficiente para isso. Se for uma coisa bem bolada, bem concebida, com sustentabilidade, vou olhar com muito carinho”, disse o empresário apontado pela revista Forbes como o brasileiro mais rico.

Crianças do morro

Ontem, em seu terceiro dia no Rio, Madonna fez a alegria de 40 crianças do Morro dos Cabritos, favela que fica entre Botafogo e Copacabana, na zona sul. Os meninos e meninas, com idades de 8 a 10 anos, toda terça-feira têm aula na favela com um professor de espiritualidade da ONG Spirituality/Success for Kids, mantida pela rainha do pop. Eles foram levados ao Hotel Fasano, na praia de Ipanema, para se encontrar com a estrela.

Madonna assistiu à aula toda sem interferir. O professor é ligado à Cabala, filosofia da qual é seguidora. Por meio de exercícios com desenho e pintura, ele discutiu com as crianças sentimentos como raiva, ódio, amor e tristeza. Madonna quis saber se as aulas ajudavam a tornar suas vidas mais felizes. “Sim”, berraram em coro.

 

Madonna sorri na saída do restaurante Yume, no Jardim Botânico. Foto: Marcos Arcoverde/AE

No fim, Madonna pediu que dançassem para ela. As crianças queriam funk, mas não foram atendidas. Não por censura, mas porque ninguém no sofisticado bar Londra, onde foi realizada a aula, tinha CD do ritmo. O jeito foi dançar ao som de música pop. Madonna não dançou – apenas incentivou as crianças. A turma deixou o hotel por volta das 18h30. A cantora fez um pedido aos meninos: que não falassem palavrões. Todo mundo obedeceu.

À noite, a cantora foi a um restaurante japonês com o namorado, Jesus Luz, e pelo menos outras quatro pessoas. O restaurante foi fechado.

Assim como a maioria das celebridades, Madonna exigiu, em contrato com o Fasano, que nada do que ela faz no hotel pode ser divulgado. Hóspedes comentam que até o acesso ao sétimo andar, ocupado pela cantora e sua comitiva, é proibido aos outros ocupantes do hotel.

Fonte: O ESTADO DE SÃ PAULO

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: