CESVI enfatiza a importância da manutenção preventiva

Final de ano, verão, férias. É hora de preparar as malas e viajar. Mas, além das malas, também é preciso preparar o carro antes de pegar a estrada. Estar com o veículo em condições seguras é importante sempre, mas a preocupação deve ser ainda maior antes de sair para viajar.
 
Não basta o carro ser equipado com itens de segurança modernos e confiáveis, é necessário criar o hábito de fazer uma revisão regularmente. Mas, infelizmente, a maioria dos brasileiros só se lembra de levar o carro para oficina quando ele já está quebrado ou, pior ainda, quando um acidente já aconteceu.
 
Esse hábito precisa ser mudado o mais rápido possível. A manutenção preventiva, como o próprio nome sugere, evita que potenciais problemas ocorram e possibilita a tomada de ações para aumentar a segurança e evitar acidentes. O CESVI BRASIL cita alguns cuidados básicos de manutenção que devem ser seguidos para melhorar a qualidade de vida no trânsito.
 
Pneus e rodas   
Fique atento à profundidade mínima nos sulcos (1,6mm) dos pneus; para isso, veja os indicadores e troque-os sempre pelos de mesma especificação. A data de fabricação também deve ser observada, evite utilizá-los com cinco ou mais anos. O alinhamento, o balanceamento e o rodízio dos pneus precisam ser feitos dentro dos prazos recomendados pelo fabricante (por exemplo, a cada 5 mil quilômetros) ou quando for repará-los ou trocá-los. A calibração deve ser feita a cada 15 dias e antes de viagens longas. Verifique a correta pressão com e sem carga no manual do proprietário. Certifique-se de que o estepe, bem como todos os equipamentos para a troca de um pneu (triângulo de emergência, macaco, chave de roda), esteja em ordem.
 
Freios
Cheque nas frenagens normais se o carro, trafegando em pista plana e reta, mantém-se na mesma direção, sem puxar para os lados.
O sistema (pastilha, discos, mangueira e outros) precisa ser verificado, pelo menos, a cada 15 mil quilômetros. Atenção: o fluido de freio deve ser trocado, no mínimo, uma vez por ano ou a cada 15 mil quilômetros, na especificação indicada pelo fabricante.
 
Direção
Cuidado com as trepidações e folgas. Verifique se, acima de 60 km/h, o carro apresenta vibrações na direção. Em caso de direção hidráulica, controle o nível de óleo, com motor ligado. 
 
Suspensão e amortecedores
Preste atenção aos ruídos do tipo “choque seco”. Leve o veículo a um especialista para checar os amortecedores a cada 30 ou 40 mil quilômetros. Existe um método caseiro de testar os amortecedores: empurre o carro para baixo, sobre cada uma das rodas, solte e observe se ele oscila apenas uma vez; caso contrário, consulte um especialista.
 
Cintos de segurança
Verifique se os cintos de segurança estão cortados ou rasgados. Substitua-os ao menor sinal de avaria ou após uma colisão. Cheque se, ao serem puxados, eles travam imediatamente. Verifique seu correto encaixe no fecho de afivelamento.
 
Faróis, lanternas, luz de freio, pisca-pisca e pisca-alerta
Enquanto você acende as luzes do carro, peça a alguém para confirmar se funcionam corretamente.  
 
Limpadores de pára-brisa e esguichos
Verifique o estado das borrachas dos limpadores e, caso estejam ressecadas, troque-as. Complete o nível da água e cheque se o esguicho está desentupido e direcionado corretamente. Caso seja necessário, use um alfinete para desentupi-lo e acertar sua posição. Adicione duas colheres de café de detergente neutro à água do reservatório
 
Nível de água do radiador e da bateria
Cheque os níveis de água do radiador e da bateria com o motor frio. Use somente água destilada na bateria. Complete a água do radiador com o aditivo especificado no manual do veículo.  
 
Nível de óleo
Verifique o nível de óleo do motor e do freio e, caso seja necessário, efetue a troca conforme a especificação do fabricante.
 
Vantagens da prevenção
Além de aumentar a segurança viária e reduzir o número de acidentes, a prevenção também reflete no bolso. É muito mais barato fazer a manutenção preventiva do que a corretiva, pois são eliminados gastos desnecessários com problemas e defeitos no carro que poderiam ter sido evitados. Revisões e checagens periódicas evitam a substituição de outras peças que podem se desgastar prematuramente.
 
E ainda existem outras vantagens, como a melhoria da qualidade de vida, devido à redução do volume de poluentes; agilidade no tráfego, porque serão evitadas as quebras de veículos; e aumento do valor de revenda, por melhores condições mecânicas do veículo.
 
Os motoristas precisam se conscientizar de que a manutenção preventiva é uma obrigação em relação a eles mesmos e à sociedade, pois ao trafegar com um carro sem inspeção adequada, estão colocando as suas vidas e as das outras pessoas ao redor em perigo. Lembre-se sempre que manutenção preventiva e programada são os melhores amigos do seu bolso e da sua segurança.
 
O CESVI BRASIL
Fundado em 1994, o CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) é o único centro de pesquisa brasileiro dedicado à reparação automotiva e à segurança viária, e foi o primeiro da América Latina. É membro do RCAR (Research Council for Automobile Repair), um conselho internacional de centros de pesquisa com os mesmos objetivos.
Para conhecer as atividades do CESVI, acesse www.cesvibrasil.com.br
 
Alexandre Carvalho            
Viviane Costa

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: