Archive for 19 de novembro de 2008

Novo “Exterminador do Futuro” é uma moto

novembro 19, 2008

exterminadordofuturo_1_640x408
Andróide do próximo filme da série terá formato de motocicleta

“Moto-exterminador”

Ao lembrar do filme “Exterminador do Futuro”, as imagens de Arnold Schwarzenegger fazendo manobras arrojadas com uma Harley-Davidson no 2º episódio da série são inesquecíveis e ficaram marcadas na história. Mas, no próximo filme da franquia — “Terminator, Salvation” —, as motocicletas terão uma participação mais especial ainda.

Com previsão de chegada às telas no início de 2009, o 4º capitulo da série terá como protagonista Christian Bale — que faz atualmente o Batman nas telonas. Bale enfrentará um terrível exterminador em forma de motocicleta.

Pelas fotos divulgadas, o filme tem tudo para ser um sucesso entre os amantes de motocicletas e os fãs da produção. Resta saber se o novo “Terminator” será capaz de superar Schwarzenegger.

fonte:Rafael Miotto- Motociclismo on line

Anúncios

Artista quer substituir olho por câmera digital

novembro 19, 2008

916861-5008-it2

A artista americana Tanya Vlach, que perdeu um olho em um acidente de carro durante a passagem do furacão Katrina, procura um substituto diferente e inusitado para seu globo ocular: uma câmera de vídeo digital para filmar momentos de sua vida.

Tanya usou seu blog para pedir ajuda de engenheiros que possam ajudá-la a criar uma webcam em miniatura, que possa ser adaptada a diferentes tipos de luzes e foco.

Tanya deseja que seu olho biônico tenha conectividade Bluetooth, zoom ótico de 3X, capacidade para fotografar e uma entrada para cartão SD de 4 GB. Com todo este aparato, a artista de San Francisco quer poder filmar sua vida como se fosse um programa de TV, a partir de sua própria perspectiva.

A mulher de 35 anos se considera uma “multi-artista” e é autora de trabalhos de artes visuais, artes cênicas, música e literatura. Fã declarada de ficção científica, traçou um paralelo de sua idéia com o conceito popular de ciborgues e disse que sua idéia não é espiar ou invadir a privacidade de outras pessoas.

Em contato com o jornal New York Daily News, especialistas disseram que a tecnologia existe e seria possível criar uma câmera sem fio com as dimensões de um globo ocular, se comunicando com um smartphone que então enviaria o sinal a outra pessoa, a um estúdio de TV ou computador.

Câmera digital Olympus E-30

novembro 19, 2008

 

olympus_e30

Na linha de DSLRs da Olympus sempre houve um vazio entre seus competentes modelos de “entrada”, como as E-420 e E-520, e seu topo de linha E-3. Mas, no início deste mês, a empresa preencheu este espaço com a chegada da E-30, um modelo intermediário que deverá bater de frente com outros modelos da concorrência como a Nikon D90, Sony A300/A350 ou a Canon 50D.

Na minha opiniáo, trata-se de um lançamento muito bem vindo, já que ele incorpora diversos detalhes mais profissionais e exclusivos do modelo E-3 como o uso de um pentaprisma de cristal (yay!), tela LCD basculante de 2,7″ (yay! Yay!), soquete para flash de estúdio, visor LCD de estado no topo da câmera (yay! yay! yay!) etc. Com a adição desses recursos, a E-3 ficou ligeiramente maior que a E-510/520, mas ainda menor e mais leve que a E-3: 14,1 x 10,7 x 7,5 cm (LxAxP) e 655 gramas de peso.

Em contrapartida, ela abre mão de recursos apreciados pelos profissionais como o corpo de magnésio fundido e resistência às interpéries do tempo (principalmente umidade e chuva) em favor de um acabamento externo mais simples à base de plástico reforçado com fibra de vidro, o que ajudou a baixar seus custos de produção e torná-la mais atraente para o consumidor final.

 

Mais do que um simples downgrade da E-3, a nova E-30 incorpora diversas novidades como o sensor Live MOS de 12,3 megapixels (máximo 4.032 x 3.024 pixels) ou o processador de imagem TruePic III+. Fora isso, a empresa investiu pesado nos chamados “efeitos criativos” incorporando, por exemplo, seis padrões de formato (4:3, 3:2, 16:9, 6:6, 5:4, 7:6, 6:5, 7:5 e 3:4) e seis filtros artísticos: Grainy Film, Soft Focus, Pop Art, Pale & Light Focus, Light Tone e o inusitado Pinhole Camera.

Junto com os tradicionais recursos de captura e edição de imagem como ajuste de sombra, correção de olho vermelho, corte, captura em P&B (com emulação de filtros coloridos) e sépia, controle se saturação e reescalamento de imagem (gerando um novo arquivo), o resultado final é um conjunto muito interessante no sentido que permite ao usuário obter imagens mais elaboradas diretamente na câmera sem ter que transferir e tratá-las no computador.

Entre as outras novidades, destaque para o Electronic Gauge, um “nível de bolha eletrônico” mostrado no LCD, visor óptico e no painel traseiro que ajuda a manter o enquadramento do tema a ser registrado exatamente na horizontal, uma mão na roda para fotos técnicas, de arquitetura e até mesmo na hora de fazer fotos panorâmicas.

Tudo isso também mostra que o E-30 deva encontrar seu público entre os entusiastas e fotógrafos de estúdio que têm mais tempo para produzir imagens mais elaboradas sob condições mais controladas, sob esse ponto de vista a conexão para flash de estúdio (PC Sync) é um recurso bem vindo.

Nem tudo são flores nessa nova câmera: ela mantém a mesma e irritante porta de dados da E-420/520 que combina porta USB e de vídeo analógico no mesmo conector de desenho proprietário (boo!).

A E-3 deve chegar ao mercado em janeiro de 2009 com preço sugerido é de US$ 1.300 (apenas o corpo), junto com uma nova lente zoom de uso geral Olympus Digital Zuiko 14-54mm f2.8-3.5 II (US$ 600). Para efeito de comparação, segundo a Olympus o preço sugerido do corpo da E-3 é de US$ 1.700, mas ela já pode ser encontrada em lojas online como a Amazon.com por US$ 1.298, com tendências a cair mais, devido ao seu tempo de mercado (lançada em outubro de 2007) e, principalmente, com a crise na economia americana.

fonte: Zumo Blog

15 ferramentas para fazer do PC uma poderosa central multimídia

novembro 19, 2008

Softwares e serviços web, dez deles gratuitos, para ajudar você a lidar facilmente com seus arquivos de áudio e vídeo.

pc_mediacenter_150O computador que você tem em casa é uma dos mais fantásticos dispositivos de entretenimento já criados, mas é provável que você não chegue a tal conclusão apenas por utilizar os aplicativos que vêm como ele.

Os media players que são entregues com o PC, ou seja, todo e qualquer software que sirva para tocar e produzir conteúdo de áudio e vídeo subutilizam o potencial do hardware.

Fizemos um apanhado de 15 das nossas ferramentas favoritas para lidar com arquivos multimídia, capazes de manipular praticamente qualquer tipo de arquivo de áudio e vídeo que você queira. A maior parte delas, para nossa felicidade, é gratuita e mesmo as versões pagas possuem trials sem custo, que permite experimentar o potencial que esses utilitários agregam.

Nessa seleção, você vai encontrar softwares que vão ajudá-lo baixar vídeos do YouTube para o PC, ou converter vídeos para formatos que possam ser reproduzidos por quase todos os dispositivos portáteis.

Também há utilitários que você fazer de você um DJ, permitindo criar suas próprias mixagens. Por isso, caso deseja explorar ao máximo o potencial de entretenimento que seu desktop oferece, não perca tempo: selecione as ferramentas mais compatíveis com suas necessidades e mãos à obra

Downloads para lidar com vídeo
tubeme_150.jpg

TubeMe (Gratuito): Encontrou um vídeo legal no YouTube e quer salvá-lo no PC para poder rever quando quiser? Então esta é a ferramenta certa para você. Basta fornecer o link dos vídeos selecionados do YouTube na janela do TubeMe e o programa vai baixá-los para o HD do seu computador.

 
flv_player_150.jpg

FLV Player (Gratuito): Vídeos em flash são compactos e podem ser encontrados em muitos serviços de compartilhamento P2P. Só que reproduzi-los, sem um programa intermediário, costuma ser um trabalho árduo e muitas vezes frustrante, por exigir o Flash IDE. O FLV Player resolver esse problema fornecendo um modo prático e direto de reproduzir arquivos FLV. O programa de instalação oferece a opção de associar a extensão .flv ao software; dessa forma, ver um arquivo em Flash se torna tão simples quanto dar um duplo clique com o mouse.

any_video_converter_150.jpgAny Video Converter (Gratuito): Todo mundo sabe que os vídeos não precisam mais ficar confinados aos DVDs ou seu computador. Atualmente, praticamente quase todos os players portáteis – incluídos nessa categoria boa parte dos telefones celulares e console Playstation Portable (PSP). O problema é que cada um deles costuma ter um formato próprio de vídeo e nem sempre o vídeo que se quer assistir está no formato exigido pelo player. Esta versão gratuita do Any Video Converter é capaz de converter de e para uma infinidade de formatos de vídeo diferentes, praticamente todos os arquivos de vídeo que você encontrar online. Por exemplo, se você baixou um arquivo .flv do YouTube usando o TubeMe, poderá convertê-lo com este software para executá-lo em seu player portátil. E o processo é simples: basta selecionar os vídeos a serem convertidos (você tem a opção de fazer isso em lotes), escolher o formato desejado e clicar no botão Encode.

vlc_media_player_150.jpgVLC Media Player (Gratuito): Deseja um software capaz de reproduzir todo tipo de arquivo de mídia – áudio ou vídeo – que existe por aí? Então o que você precisa é do VLC Media Player, que ainda por cima oferece um grande número de extras bem interessantes. Ele possui uma interface simples, mas com muitas funções interessantes acessíveis se você navegar por ele. Por exemplo, quando se está reproduzindo um vídeo, você pode ajudar a imagem de várias formas e também aplicar efeitos no áudio, tudo isso sem poluir a interface. E o que é melhor: sem detonar a performance geral do sistema, como é comum com a maior parte dos players existentes por aí.

bearflix_150.jpgBearFlix Basic (Gratuito): Irmão mais novo do BearShare, o BearFlix Basic está focado no compartilhamento de vídeos utilizando a rede Gnutella. Segundo o desenvolvedor, a edição paga (por 20 dólares) torna o programa e suas habilidades melhores e mais rápidas, mas as duas versões têm basicamente os mesmos recursos. A interface é relativamente simples, com várias áreas para seu acervo de vídeos, downloads e uploads. Para achar os vídeos a serem baixados, você pode buscar na rede usando palavras-chave e, então, afunilar sua pesquisa. O programa também inclui ainda a área chamada ‘Threater’ para ver os filmes, o que é bem útil. Mas, no geral, O BearFlix é um software cliente de compartilhamento de vídeo típico: ele apenas fornece um pouco de ajuda em localizar nos resultados o material bom em meio a um monte de lixo.

gom_mediaplayer_150.jpgGOM Media Player (Gratuito): Este player de mídia é particularmente útil para reproduzir vídeos em função da variedade de formatos suportados por ele. O GOM Media Player é compatível com todos os formatos de vídeo que você está acostumado a encontrar por aí e ainda lida com outros que os players normalmente não reconhecem, tais como DivX, .flv, XviD. Ele ainda incorpora algumas funções bacanas como controle de brilho, contraste e saturação, e vem com um equalizador para melhorar a qualidade do áudio do vídeo reproduzido. Durante o processo de instalação, o software pede ao usuário que selecione o tipo de uso que fará do programa: reprodução simples; reprodução de vídeo em alta qualidade; saída de TV (para aqueles que planejam conectar o PC a uma TV). O software também instala o Google Toolbar no Internet Explorer, a não ser que você o instrua a não fazer isso durante a instalação.

DivX_150.jpgDivX Player (Gratuito): Se você costuma baixar vídeos da web, é muito provável que já deva ter lidado com o formato DivX, que se tornou muito popular por conta da compressão utilizada, que reduz significativamente o tamanho final do arquivo sem compromete a qualidade da imagem. Mas este formato tem um problema. Players populares (tais como o Windows Media Player) não suportam o DivX e o resultado é que muitas vezes os vídeos baixados não podem ser reproduzidos no PC. Com o DivX for Windows este problema desaparece. Além de gratuito e capaz de lidar com tal formato de arquivo, ele oferece modos de pausa, avanço e retrocesso e reprodução em tela cheia. Também traz função de gerenciamento de biblioteca de vídeos e é capaz de queimar vídeos para discos. Tem ainda um módulo que permite da reprodução de vídeos no formato DivX diretamente no browser. Caso não deseja ter o Yahoo Toolbar instalado, não se esqueça de desabilitar tal seleção na hora de instalar o software.

online_tvplayer_150.jpgOnline TV Player Basic (Gratuito): Quer saber o que está passando na TV, por exemplo, na Albânia? Ou quem sabe na Indonésia, na Itália ou no Peru? Este freebie lista centenas de canas de TV – do Afeganistão ao Vietnã – que fazer broadcast pela web e os deixa assisti-los gratuitamente. Basta instalar o programa, escolher o canal desejado com um duplo clique do mouse para que a reprodução tenha início. O software também faz sintonia de estações de rádio mundo afora. Note, porém, que nem toda a transmissão é feita em tempo real.

Downloads para lidar com áudio
audacity_150.jpgAudacity (Gratuito): Versão complementar, que já vinha com suporte para formato FLAC e correções para problemas de áudio do Mac (e suporte para Macs com processador Intel). Aplicativo extremamente famoso de código aberto e bem funcional, o mostra em sua interface indicações de como as gravações podem ser feitas e também exibe dados mais técnicos ao lado de cada um dos canais de ajuda. Há ainda ferramentas para auxiliar na mudança do tempo da música e removedor de ruídos. Não será difícil encontrar algum plug-in de grande utilidade de acordo com o foco de cada usuário. Deve-se ao Audacity boa parte a popularização dos podcasts nos últimos anos.

virtualdj_150.jpgVirtualDJ (Demo): Se você está pensando em se tornar um DJ famoso, saiba que os media players convencionais não vão ajudá-lo. Em vez disso, o que você precisa é de um software profissional como o VirtualDJ, que permite fazer mixagens bacanas de seus arquivos de áudio e ainda acrescentar efeitos interessantes aos seus remixes. São dezenas de efeitos e amostras de músicas e uma interface que simula dois pick-ups profissionais, o que torna seu trabalho muito mais simples. O VirtualDJ também permite ripar músicas, queimar CDs com os remixes criados, mixar e customizar vídeos.

foxytunes_150.jpgFoxyTunes (Gratuito): Nova versão do add-on inclui suporte ao Yahoo Media Player e acesso ao FoxyTunes Planet. No começo, pode parecer estranho ter um ponto de controle de conteúdo multimídia a partir do seu browser. Mas a experiência de ouvir música enquanto se navega é algo que todo mundo, mais cedo ou mais tarde, prova e resolve por em prática. E o FoxyTunes, add-on para Firefox e Internet Explorer que já está em sua versão 3.0 torna tal experiência ainda mais legal. Da interface ao FoxyTunes Planet (que ainda está em versão beta), usar e localizar músicas – pelo menos aquelas de artistas que ele reconhece – pelo FoxyTunes é muito fácil. O complemento é capaz de controlar uma variedade de players que vão do iTunes, Windows Media Player ao WinAmp. Na versão atual, inclui suporte também para o Yahoo Media Player.

zune_mediaplayer_150.jpgZune Media Player (Gratuito): Todo mundo parece ter sido conquistado pelos iPods e pelo iTunes. Mas a Microsoft possui um media player legal também. E, como no caso do software da Apple, não precisa ser dono de um tocador Zune para usar o programa da empresa criada por Bill Gates. E, como o iTunes, o Zune Media Player lida tanto com arquivos de vídeo quanto de áudio. O aplicativo é capaz de organizar sua biblioteca de mídia, cria e gerencia playlists, ripa canções e pode queimar CDs.

foobar_150

Foobar2000 (Gratuito): Este tocador de áudio muito simples e objetivo não vai usar muita memória RAM de seu sistema. O Foobar2000 roda uma enorme variedade de formatos e extensões de arquivos de áudio tais como MP1, MP2, MP3, MP3, MPC, AAC, Ogg Vorbis, FLAC/Ogg FLAC, WavPack, .wav, AIFF, AU, SND, CDDA e WAM. Caso tenha um formato de arquivo que Foobar não reconheça, basta baixar um complemento para que o software possa reproduzi-lo. O programa também oferece equalização para áudio e pode ripar CDs de música.

win_amp_150.jpg

WinAmp Full (Gratuito): Ok. Este é um velho e conhecido player. Mas ele continua na ativa. Sincronize com seu iPod, e seu novo companheiro Winamp Remote permite que você ouça a músicas não protegidas por DRM em seu PC a partir de qualquer usando um navegador de web. Além de tocar CDs e a maioria dos formatos de áudio digital (.wav, MID, MOD), o Winamp deixa você navegar na estação de rádio e TV SHOUTcast. Ele também oferece conteúdo de vídeo da rádio AOL . Você ainda ganha 50 downloads de mp3 grátis na eMusic. Quer reproduzir o mais fielmente um jazz mas também um rock com baixo apurado? O programa permite salvar equalizações específicas para cada música. O Winamp tem também um mini-navegador para ver biografias e fotos. Você pode ainda solicitar até 3 GB de espaço na Internet para armazenar música. A TV e o rádio integrados dão conta do recado. Você pode ainda gravar um CD usando o Winamp. Ele grava na velocidade de 2x – se você quiser algo mais rápido, pode comprar a versão Pro, que suporta gravações em até 48x.

ashampoo_150.jpgAshampoo Burning Studio 8 (Trial, 50 dólares): Se você deseja ripar seus CDs de música ou queimar CDs e DVDs e está disposto a gastar com uma ferramenta ponderosa (mas quer experimentá-la antes), estão sua escolha deve recair no Ashampoo Burning Studio 8. Além de lidar com maestria com discos de dados, áudio e de vídeo, ele é compatível com discos Blu-ray, permite copiar CDs e DVDs e tem funções para gerar capas, etiquetas auto-adesivas e muito mais.

 

Produtos Pósitron para presentear neste Natal

novembro 19, 2008

Natal com mais segurançalogopstelectronics
Neste Natal, que tal uma opção diferente na hora de presentear quem você gosta? Aposte nos produtos Pósitron para deixar os automóveis muito mais seguros e confortáveis, prontos para rodar em 2009

.01
1 – Navegador GPS NP4310B O navegador Pósitron tem a maior cobertura nacional, com 5.559 cidades mapeadas. Este modelo possui função viva-voz para conexão com aparelhos celulares. R$ 1.399

sem-titulo1

2 – Rastreador Pósitron GSM com alarme Permite a localização e o monitoramento do veículo em tempo real. O equipamento também gera relatórios de velocidade e caminhos percorridos. R$ 850

03

3 – Alarme PX É o alarme para automóveis mais completo do mercado. Oferece até 21 funções de conforto e segurança. Interage com outros produtos da marca, como vidros e travas. R$ 330

sem-titulo2
4 – Vidros Elétricos Os kits de vidros elétricos possuem função antiesmagamento e integração com os alarmes da marca. R$ 550

sem-titulo3

5 – Travas Elétricas TR-PRÓ Proporciona o travamento rápido das portas, garantindo mais segurança. Selados, os produtos são protegidos contra a infiltração de água ou poeira. R$ 170

Graziela Voltarelli
Maria Sossmeier
Printer Press Assessoria de Comunicação